designer

Histórico do Polo Diadema !

Nova SedeO Polo de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil na cidade de Diadema iniciou suas atividades em 18 de outubro de 2008 na Rua Ari Barroso, nº 290, Centro, dentro da Escola Municipal Anita Malfatti. O funcionamento foi aprovado em caráter provisório com recomendações de adequação de espaços e ampliação de horários de atendimento. Demonstrando grande interesse pelo Programa e visando cumprir as exigências do acordo firmado pela parceria, afim de expandir as ações da Universidade Aberta do Brasil em nosso município, a Prefeitura Municipal de Diadema disponibilizou novo local para uso exclusivo do Polo. O novo edifício pssuia espaço suficientemente amplo para abrigar todos os ambientes sugeridos pelo MEC, como; salas de tutoria, secretaria, sala de coordenação, biblioteca, laboratório de informática, sala multimídia, sala de vídeo conferência e auditório. Além disso, o prédio estava situado em local central e de fácil acesso, a Av. Sete de Setembro, nº 400, Centro (em frente ao fórum). Em 30 de abril de 2009 recebemos a aprovação do MEC e demos início a mudança. O local passou por ampla reforma e foi inaugurado dia 20 outubro de 2009. Até esta data o Polo oferecia apenas dois cursos de Pós-graduação da UFF. Após a mudança, o Polo UAB Diadema passou a contar com a parceria de sete universidades públicas, oferecendo treze cursos dentre graduação e especialização, além de dois cursos livres, desenvolvidos e ofertados pelos profissionais do próprio Polo.

Em 2012, foi realizada uma nova visita de avaliação da CAPES. Desta vez, foi constatada a falta de acessibilidade no edifício. Após alguns estudos realizados pela Prefeitura de Diadema, percebeu-se que a impossibilidade de realizar obras que garantissem acessibilidade total. Desta forma, iniciou-se novamente o processo de busca por espaços que contemplassem todas as exigências. A segunda mudança  ocorreu em junho de 2013, para o prédio localizado na Av. Nossa Senhora das Vitórias, 249 - Centro.  Nesta atual sede foi possível, além de garantir a acessibilidade, ampliar o número e a qualidades dos ambientes, fazendo que que o trabalho de articulação de cursos fosse retomado. Conseguimos  ampliar as parcerias e o número de cursos. Hoje temos 8 Universidades parceiras e 18 cursos articulados.